segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Real friendship


Ao longo de nossa vida conhecemos gente de todo tipo. Gente simpática, gente chata, gente inteligente, gente teimosa, gente irreverente, gente tímida, gente evasiva, gente insuportável e gente "legalzinha". Viajamos, trocamos de colégio, mudamos de cidade, mas infelizmente (ou felizmente) essa gente toda não nos acompanha. Conseqüentemente, sentimo-nos sós e decidimos que é hora de fazer novos amigos. Fazemos novos amigos, conhecemos pessoas incríveis, e é hora de ir embora novamente. Vivemos de despedidas, todas imensuravelmente dolorosas. C'est la vie! Ganhamos uma, perdemos outra. Impossível estar constantemente satisfeito com a vida.
Porém é um sentimento imensamente gratificante saber que, embora tantas mudanças ocorram em nossas vidas, há aqueles que permanecem conosco. E esses são aqueles amigos que nos acompanham há anos, com quem compartilhamos o primeiro beijo, primeira transa e o primeiro porre. Com quem fizemos festa, com quem choramos, com quem colamos na prova, com quem brigamos inúmeras vezes. Continuam seus amigos de sempre, como se nada tivesse mudado, como se aqueles velhos tempos nunca tivessem passado. Eles podem até mudar, amadurecer, podem até se tornarem uns nerds ou empresários bem sucedidos, mas para nós eles sempre continuarão os mesmos.
E não há preço que pague esse tipo de gente.


6 comentários:

yuu.takashi-q disse...

friends *-* o que há de mlhoor! aa flor,te achei na comu do blog e estou te seguindo aqui!!!

tds os dias posto novas poesias ou até msm histórias, dicas de alguma coisa, agradeceria se você me seguisse tbm!!! Tenha uma ótima semana! beijos!

http://infinitoparticular-th.blogspot.com/

ps: seu blog tá lindao!

Diego Dias disse...

Ler esse texto me fez ter um retrospecto das coisas que deixei pra trás ao longo dos últimos anos, com mudanças de cidade, empregos, colégios e tudo mais.

Como você mesmo disse, da mesma forma que somos obrigados a nos desfazer de algo no qual somos tão apegados, também ganhamos novas oportunidades. É quase um círculo vicioso rs.

Acho que o importante mesmo é estar sempre preparado para uma separação, mesmo que temporária. Quanto mais a gente se apega ao "eterno",parece que mais curto tudo se torna.

Parar por aqui, o tamanho do coment kkk

Grande beijo, ótimos textos.

João Vitor disse...

A vezes eu penso sobre isso em relação a gente, e a unica coisa que posso afirmar, de tudo isso, é q sinto isso em relação a você, que não importa o que aconteça, eu sempre vou está aqui pra você... E sei que posso contar contigo.
=)

Flávia Fernanda disse...

Ah esse texto foi taaaao gostoso de ler hehehe
Bjks by Ninfa Lasciva ^^

Líh. disse...

Acho que servi como inspiração...
rsrs

Como disse certa vez, não tem um motivo, muito menos um porquê.
Só sei que foi assim.


Te amo Amanda.

Muito. Minha vida não seria a mesma sem você.

Lucas Medina disse...

Bonito texto e sincero, estamos sempre em constante mudança, inclusive de pessoas! Parabéns!